Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Papéis em chamas


Papéis em chamas

Istoé Independente

02.12.2014

Ricardo Boechat

Com Ronaldo Herdy

Acionistas minoritários da Petrobras entraram com representação no Ministério Público Federal no Rio de Janeiro

Acionistas minoritários da Petrobras entraram com representação no Ministério Público Federal no Rio de Janeiro. Querem uma investigação sobre “ilícitos civis e delitos criminais” na gestão da estatal. Os reclamantes são trabalhadores de clubes de acionistas irritados com a desvalorização de mais de 20% este ano dos papéis da empresa, segundo o advogado Michel Assef (foto). Com pena de três anos a seis anos, a “administração ruinosa”, base da queixa, está abrigada na legislação extravagante – não inserida nos Códigos do Direito, mas em vigor na prática, como a Lei Maria da Penha.

Governo

Faxina de honra

Para pessoas muito próximas Graça Foster confessa estar dormindo pouco e que não tinha ideia do tamanho da ação do esquema bilionário de fraudes na Petrobras. Quer ser protagonista da virada de página na história da empresa. Dilma Rousseff acredita em sua sinceridade de propósito, pretendendo mantê-la no comando da estatal, apesar da enorme pressão política para que a demita. A identificação e punição dos responsáveis pelos desvios é prioridade total para as duas.

 

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
contato
___by: ITOO Webmarketing