Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Mais fusões sem assessoria de um banco


Mais fusões sem assessoria de um banco

17/09/2014 às 05h00

Valor Econômico - por Talita Moreira | De São Paulo

Nunca foi tão significativo o número de fusões e aquisições de médio e grande portes no Brasil em que o comprador lançou a operação sem o auxílio de um assessor financeiro, mostra levantamento feito pela britânica Dealogic, a pedido do Valor.

De acordo com o estudo, 64% das transações superiores a US$ 100 milhões anunciadas neste ano no país foram estruturadas sem auxílio externo. Juntas, essas operações somaram US$ 18,8 bilhões.

Uma das razões para essa tendência é o custo. O trabalho do assessor financeiro é caro e muitas vezes leva mais de um ano para ser concluído. As comissões pagas pelas empresas podem chegar a até 15% do valor da aquisição, dependendo do negócio.

Leia mais em:

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing