Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Ex-diretor da LLX paga R$ 200 mil para encerrar processo na CVM


Ex-diretor da LLX paga R$ 200 mil para encerrar processo na CVM

Por Juliana Ennes | Valor

SÃO PAULO - Ex-diretor de relações com investidores da LLX, braço de logística das empresas de Eike Batista, Ricardo Antunes Carneiro Neto, vai pagar R$ 200 mil para encerrar processo administrativo na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ele foi acusado de ter divulgado inadequadamente informações referentes à venda de ativos da LLX. Foi divulgado um comunicado ao mercado, e não um fato relevante, sobre a contratação de assessor financeiro para auxiliar na venda de participação no Porto Sudeste, no dia seguinte ao comentário feito em teleconferência com analistas da MMX, que também faz parte do grupo.

Além disso, o diretor foi acusado de divulgar informações de forma “intempestiva” em teleconferência realizada em 26 de março de 2009, sobre a construção de siderúrgica no Porto do Açu, que só foi divulgada oficialmente, por meio de fato relevante, em 19 de maio do mesmo ano.

 

 

Matéria publicada pelo Valor Online em 24/05/12. Acesse o site:

http://www.valor.com.br/empresas/2675600/ex-diretor-da-llx-paga-r-200-mil-para-encerrar-processo-na-cvm

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing