Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Conflito entre sócios tira fundo Gulf da BR Insurance


Conflito entre sócios tira fundo Gulf da BR Insurance

Uma proposta de alteração no atual modelo de governança da Brasil Insurance gerou desentendimentos entre integrantes do bloco de controle da companhia. O desfecho foi a saída de Ney Prado Júnior, um dos sócios fundadores da holding de seguradoras, da presidência do conselho de administração e do acordo de acionistas.

Prado faz parte do fundo de investimentos Gulf, que estruturou as operações para a oferta pública de ações da Brasil Insurance, em outubro de 2010. Na época, os sócios Bruno Padilha, atual presidente da BR Insurance, e José Ricardo Brun Fausto, diretor de operações, também estavam no fundo.

A Brasil Insurance opera no modelo conhecido pelo mercado como "roll-up": adquire pequenas corretoras, dando ações da companhia como parte do pagamento. Por essa característica, é uma companhia de capital disperso e seu bloco de controle inclui cerca de 50 membros signatários do acordo de acionistas, que representam 40,3% do capital total.

Segundo apurou o Valor, os desentendimentos entre Prado e os demais acionistas do acordo começaram já há algum tempo, mas a gota d´água ocorreu numa reunião dos sócios, no dia 19 de abril, cuja pauta foi a contratação de mais dois conselheiros independentes. Hoje, apenas um dos cinco assentos do conselho é ocupado por um conselheiro não vinculado ao bloco de controle.

 

 

Matéria publicada pelo Valor Econômico em 27/04/12. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.valor.com.br/empresas/2635850/conflito-entre-socios-tira-fundo-gulf-da-br-insurance

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing