Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Saída do Novo Mercado também é alternativa


Saída do Novo Mercado também é alternativa

Redecard e Camargo Corrêa Desenvolvimento Imobiliário (CCDI) podem ser as primeiras empresas a deixar voluntariamente o Novo Mercado, caso não haja adesão suficiente para fechar o capital.

Os controladores das duas empresas adotaram como estratégia comunicar de antemão que, caso não obtenham anuência de 67% do capital em circulação para sair do pregão de vez, vão comprar 33% dos papéis em circulação e bater em retirada do segmento diferenciado de governança.

Essa estratégia foi recebida por muitos investidores como instrumento de pressão. E o risco para o investidor, inédito até então, vem suscitando dúvidas sobre o "cerimonial" do mercado.

Para sair do Novo Mercado é preciso cumprir o regulamento. A BM&FBovespa exige uma oferta de compra aos acionistas pelo valor econômico da ação - resultado da projeção dos lucros futuros do negócio. E são os minoritários que escolhem em assembleia, sem o controlador, o banco que fará o laudo.

 

 

Matéria publicada pelo Valor Econômico em 23/03/12. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.valor.com.br/empresas/2583714/saida-do-novo-mercado-tambem-e-alternativa

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing