Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Reorganização da Brasil Telecom foi rejeitada por 98% dos minoritários


Reorganização da Brasil Telecom foi rejeitada por 98% dos minoritários

SÃO PAULO - A assembleia da Brasil Telecom, que incorporou a Telemar Norte Leste e a Tele Norte Leste na operação que resultará na nova Oi, registrou a rejeição da proposta por 98% dos minoritários presentes ao encontro.  A reorganização, contudo, foi aprovada pelo voto do controlador. O cálculo é do site Transparência e Governança.

Estavam presentes acionistas minoritários detentores, juntos, de 16,5 milhões de ações ordinárias — equivalentes a 40% do capital votante em circulação no mercado, conforme os dados disponíveis na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Desse total, apenas representantes de 400 mil papéis foram favoráveis à transação, ou seja, o equivalente a 2% dos participantes do encontro.

De acordo com o site Transparência e Governança, além de 40% de todo capital votante em circulação, os investidores que rejeitaram a proposta da empresa equivalem juntos a 70% do capital em circulação que pode ser considerado ativo.

 

 

Matéria publicada pelo Valor Online em 02/03/12. Para ler a íntegra, acesse o site:

http://www.valor.com.br/empresas/2553400/reorganizacao-da-brasil-telecom-foi-rejeitada-por-98-dos-minoritarios

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing