Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Reestruturação da Lupatech deixa dúvidas no mercado


Reestruturação da Lupatech deixa dúvidas no mercado

Por Natalia Viri | De São Paulo

Os investidores não podem acusar a Lupatech de ter encerrado o ano sem um plano para garantir a solvência da empresa. Mas a fabricante de equipamentos para o setor de petróleo e gás começará 2012 devendo respostas ao mercado, que tenta entender como se dará o aumento de capital de até R$ 700 milhões anunciado pela empresa em 28 de dezembro.

O comunicado divulgado pela empresa deixou claro que uma injeção de capital de R$ 350 milhões está garantida - o que dá alguma folga a seu balanço combalido. A Lupatech fechou setembro com uma dívida líquida de R$ 1,2 bilhão, 17 vezes superior à sua geração de caixa anual. Pelos cálculos da Moody's, a empresa precisaria de cerca de R$ 400 milhões para ganhar tempo e recuperar sua geração de caixa.

Como já era esperado, Petros e BNDESPar - segundo e terceiro maior acionistas, com participações de 15% e 11,5%, respectivamente - entrarão com a maior parte dos recursos, em um aporte conjunto de R$ 300 milhões.Os outros R$ 50 milhões virão com o retorno do GP Investments à companhia. Foi o fundo que preparou o terreno para a abertura de capital da Lupatech em 2006.

 

 

 

Matéria publicada pelo Valor Econômico em 02/01/12. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.valor.com.br/impresso/petroleo/reestruturacao-da-lupatech-deixa-duvidas-no-mercado

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing