Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Um caso emblemático e ainda longe do fim


Um caso emblemático e ainda longe do fim

 O escândalo da Agrenco é considerado pelos investidores um dos casos mais dramáticos na história recente do mercado de capitais. Investidores foramiludidos - a empresa nasceu para ser uma espécie de Bunge brasileira do agronegócio, comvendas demais US$ 2 bilhões, e hoje agoniza com faturamento irrisório de R$ 7,5 milhões no acumulado do ano até setembro. A operação trouxe à tona a vulnerabilidade de executivos que exercem o papel de conselheiros (JoséMonforte, que presidiu o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa fazia parte do conselho da Agrenco).

E o escândalo foi um golpe à credibilidade dos bancos de investimentos que levaram dezenas de empresas à bolsa para abrir o capital na ocasião.
A odisseia da crise começou com a prisão fundador da empresa, Antonio Iafelice, junto comoutros dois executivos pela Polícia Federal, em 2007, por acusação de crimes financeiros, como lavagemde dinheiro e estelionato. A Agrenco era uma trading de comodities, que comprava soja, milho e algodão e os vendia para o exterior. A empresa captou R$ 666 milhões no IPOe comos recursos construíra três fábricas agrícolas. Uma delas já foi vendida, a deMarialva (Paraná), por decisão dos credores e aprovação dos juízes há cerca de um ano e meio.

 

Matéria publicada pelo Brasil Econômico em 14/12/11. Leia a íntegra no jornal.

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing