Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Apesar de escândalo, governança avançou no Japão nos últimos anos


Apesar de escândalo, governança avançou no Japão nos últimos anos

Por Douglas J. Skinner | Bloomberg
A revelação recente de uma fraude contábil que durava muitos anos na Olympus renovou a atenção aos modelos de governança empresarial do Japão e levantou importantes preocupações para os investidores em empresas do país.

Com base no que sabemos até o momento, a Olympus teve perdas de pelo menos US$ 1,4 bilhão com investimentos na década de 90 e conseguiu esconder o prejuízo até recentemente, por meio de várias formas de "maquiagem" das contas.

Embora grandes fraudes contábeis ocorram periodicamente pelo mundo, o que é mais gritante no caso da Olympus é o tempo que as falcatruas demoraram para vir à tona.

Isso levanta questões preocupantes sobre as métodos de auditoria e de divulgação de balanços no Japão, que historicamente são bem diferentes dos observados nos Estados Unidos e em outros países ocidentais.

Investidores interessados em ações no Japão - para os quais o atual patamar das cotações parece baixo se levadas em conta formas de avaliação convencionais como a relação de preço sobre valor patrimonial - agora se perguntam sobre a possibilidade de outras companhias com surpresas desagradáveis escondidas em seus livros e sobre a qualidade em geral da governança empresarial no país.

 

 

Notícia publicada pelo Valor Econômico em 05/12/11. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.valor.com.br/impresso/eu-investimentos/apesar-de-escandalo-governanca-avancou-no-japao-nos-ultimos-anos

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing