Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Minoritários do Real têm vitória contra o ABN


Minoritários do Real têm vitória contra o ABN

Os acionistas minoritários conseguiram ontem uma vitória, ainda que parcial, na Justiça. Por dois votos a favor e um contra, a 5.ª Câmara de Direito Privado, do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo, deu ganho de causa a uma ação movida contra o Banco ABN Amro por um grupo de 15 ex-acionistas minoritários do antigo Banco Real, que detinham 2,5% das ações do banco.

Os desembargadores consideraram que o ABN se valeu de informação privilegiada na compra das ações remanescentes do Real, há cerca de 12 anos, ao não informar ao mercado que estava adquirido o controle acionário da instituição.

O banco holandês foi condenado a indenizar o grupo de ex-acionistas minoritários dos prejuízos que vierem a ser apurados na execução da sentença. O advogado do ABN, Sérgio Bermudes, disse que vai recorrer da decisão.

O ABN pagou cerca de R$ 2 bilhões, em valores da época, a Aloysio Faria, ex-dono do Real, pelo controle do banco. E fez uma oferta pública para a compra de todas as ações do Real remanescentes no mercado.

 

Notícia publicada pelo O Estado de S. Paulo. Para lê-la na íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,minoritarios-do-real-tem-vitoria-contra-o-abn-,802280,0.htm

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing