Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias PanAmericano disfarçou doações para Lula em 2006


PanAmericano disfarçou doações para Lula em 2006

 

Empresas controladas por executivos do banco repassaram R$ 500 mil ao PT

Partido contabilizou regularmente o dinheiro, que ajudou a pagar dívidas da campanha da reeleição

FLÁVIO FERREIRA
JULIO WIZIACK
TONI SCIARRETTA
DE SÃO PAULO

O banco PanAmericano doou R$ 500 mil para a campanha da reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006, e usou empresas de dirigentes da instituição financeira para disfarçar a origem das contribuições.
As doações foram feitas em dezembro de 2006, quase um mês depois do encerramento da campanha. Lula já estava reeleito, mas o PT saíra da eleição com dívidas de quase R$ 10 milhões.
As contribuições foram contabilizadas regularmente pelo partido, mas só quem conhecesse a identidade dos proprietários das empresas que fizeram essas doações teria condições de associá-las ao PanAmericano na época.
Segundo um relatório feito por auditores que examinaram os livros do banco no início deste ano, sete empresas foram usadas para repassar recursos da administradora de cartões de crédito do PanAmericano para o PT.

 

Notícia publicada pela Folha de S. Paulo em 06/11/11. Para lê-la na íntegra, acesse o site do jornal:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po0611201102.htm

 

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing