Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias R$ 1 milhão para terminar processo


R$ 1 milhão para terminar processo

CVM aceita proposta de auditores acusados por derivativos da Aracruz

Auditores responsáveis pela revisão do balanço da produtora de celulose Aracruz (atual Fibria) quando a empresa teve perda bilionária com derivativos cambiais em 2008 tiveram um acordo aprovado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM),órgão que regula o mercado.

A firma de auditoria Deloitte Touche Tohmatsu e seu sócio José Carlos Monteiro pagarão R$ 1 Milhão para extinguir o processo administrativo contra eles, informou ontem a CVM.

Os auditores foram acusados de omitir, no balanço de 30 de junho de 2008, os "riscos a que as operações com instrumentos financeiros derivativos" representavam para a empresa.

 

Matéria publicada em 01/11/11 pelo O Globo. Leia a íntegra no jornal.

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing