Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Credit Suisse deve avaliar preço de Redecard


Credit Suisse deve avaliar preço de Redecard

O fundo de investimentos americano Lazard propôs que o Credit Suisse seja o novo avaliador do preço a ser pago pelas ações da Redecard pelo Itaú Unibanco, no âmbito da oferta pública de aquisição de papéis para o fechamento de capital da credenciadora de cartões.

O Lazard, que é o minoritário mais representativo da Redecard, com 9,8% do capital total e 18,8% das ações em circulação, não concordou com o laudo de avaliação do Rothschild & Sons, que corroborou o valor de R$ 35 por ação oferecido pelo Itaú. Assim, pediu a convocação de uma assembleia que deliberará sobre a realização de uma nova avaliação no dia 18.

Em carta enviada ao Itaú, o Lazard deixa claro os motivos pelos quais não concorda com o valor proposto. "Acreditamos que o relatório da Rothschild & Sons sobre a Redecard apresenta várias deficiências que resultam em uma avaliação menor para a empresa."

Segundo o fundo, as premissas para receita e custos são muito conservadoras quando comparadas às tendências históricas e às expectativas dos analistas de mercado e os níveis de alavancagem estimados pelo Rothschild não são adequados para o modelo de negócios da Redecard, que tem uma capacidade elevada de geração de caixa e requer pouco capital.

 

 

Matéria publicada pelo Valor Econômico em 04/05/12. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.valor.com.br/empresas/2643880/lazard-propoe-credit-suisse-para-nova-avaliacao-de-acoes-da-redecard

 

 

Add comment




Copyright © 2019 Transparência e Governança. All Rights Reserved.
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.
___by: ITOO Webmarketing