Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Litígio entre as famílias Odebrecht e Gradin pode tomar novo rumo no STJ


Litígio entre as famílias Odebrecht e Gradin pode tomar novo rumo no STJ

Por Cristine Prestes e Mônica Scaramuzzo | De São Paulo

A disputa entre as famílias Gradin e Odebrecht por uma fatia de 20,6% das ações da Odebrecht Investimentos (Odbinv) poderá tomar um novo rumo em breve. Ontem, começou a tramitar no Superior Tribunal de Justiça (STJ) o recurso especial impetrado pela Kieppe Investimentos, holding da família que controla o grupo. Embora a subida do caso à corte não suspenda a tramitação do processo na Justiça baiana, cuja primeira audiência entre as partes está marcada para as 10 horas do dia 31 de julho, uma eventual decisão do STJ pode decidir o destino da disputa ou até mesmo encerrá-la.

A Kieppe ingressou com o recurso diretamente no STJ em maio, após o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) ter negado a subida dos agravos à corte. A corte, por sua vez, teria três caminhos a seguir: rejeitar o agravo, com o argumento de que não cabe ao STJ julgar o caso, não recebê-lo até que a juíza da primeira instância, Maria de Lourdes Oliveira de Araújo, da 10ª Vara Cível de Salvador, julgue o processo, ou remetê-lo à quarta turma para que seus cinco ministros avaliem se aceitam o recurso e, em caso positivo, o julguem.

 

 

 

Matéria publicada em 21/06/12 pelo Valor Econômico. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://www.valor.com.br/empresas/2722620/litigio-entre-familias-odebrecht-e-gradin-pode-tomar-novo-rumo-no-stj

 

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing