Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias “Primavera dos acionistas” contra bônus no exterior


“Primavera dos acionistas” contra bônus no exterior

 

Minoritários ativistas estão protagonizando uma verdadeira revolta contra a abusiva remuneração de executivos no exterior. Em poucas semanas, três presidentes de empresas no Reino Unido tiveram de renunciar aos cargos, sob pressão dos investidores. Grandes bancos também são obrigados a rever suas estratégias diante da fúria repentina que se abateu sobre a City londrina, com eco em Wall Street.

O movimento já ganhou o nome de “Primavera dos acionistas” na mídia britânica. O motivo da revolta é amplamente conhecido: executivos ganham pacotes milionários em bônus, apesar do desempenho corporativo ruim das firmas onde trabalham.

A atitude ganhou corpo durante a temporada de assembleias gerais. Um dos levantes mais fortes veio dos minoritários do Barclays, liderados pela Standard Life Investments e com a participação de fundos como o Fidelity e o F&C. Tudo porque o presidente do banco, Bob Diamond, recebeu 25 milhões de libras (R$ 75 milhões) no ano passado, incluindo 5,75 milhões de libras (R$ 17 milhões) de uma “equalização fiscal” referente a sua mudança de Nova York para Londres, apesar da decepção com os resultados da instituição.

 

 

 

 

Matéria publicada pelo Estadão.com em 21/05/12. Para ler a íntegra, acesse o site:

http://blogs.estadao.com.br/daniela-milanese/2012/05/21/primavera-dos-acionistas-contra-bonus-no-exterior/

 

 

Add comment




Copyright © 2019 Transparência e Governança. All Rights Reserved.
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.
___by: ITOO Webmarketing