Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias Como o Itaú tentará convencer os acionistas da Redecard


Como o Itaú tentará convencer os acionistas da Redecard

Ana Paula Ribeiro

O futuro da Redecard será definido em uma queda de braço. De um lado, o maior banco privado do País, o Itaú-Unibanco. Do outro, minoritários em busca de um retorno melhor. No meio, um negócio que é complementar à instituição financeira e boa pagadora de dividendos aos acionistas.

Em mais um capítulo dessa história - que começou em 7 de fevereiro com o anúncio da intenção de fechar o capital da controlada - O Itaú-Unibanco faz hoje teleconferência com investidores para tentar convencer os minoritários da Redecard de que o preço de R$ 35 por ação proposto na oferta pública de aquisição (OPA) é justo.

 

 

 

Matéria publicada pelo Brasil Econômico em 16/04/12. Para ler a íntegra, clique aqui.

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing