Transparência e Governança

 
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
notícias CVM amplia poder de fiscalização da BM&FBovespa


CVM amplia poder de fiscalização da BM&FBovespa

RIO DE JANEIRO - A BM&FBovespa ganhou maior poder para fiscalizar a divulgação de informações ao mercado pelas companhias abertas. Em convênio
assinado em dezembro, e em vigor desde o primeiro dia do ano, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) formalizou a cooperação que já ocorria entre as
instituições na supervisão das empresas desde 2008 e ampliou o campo de trabalho da Bolsa. Entre as novas atribuições da BM&FBovespa estarão o acompanhamento cotidiano da atualização do formulário de referência - que detalha desde a composição de diretoria até a remuneração de executivos das empresas - e de sete itens das demonstrações financeiras exigidos no artigo 25 da Instrução 480/09 da CVM. É o caso dos relatórios da administração e do parecer de auditores independentes.

A diretoria de regulação da Bolsa será a responsável pelo trabalho. Além de acompanhar os dados catalogados nos sistemas de informação EmpresasNet
(formulários como ITR) e IPE (comunicados ao mercado e fatos relevantes), os 32 analistas da área lerão com lupa informações veiculadas pelos executivos na grande imprensa. Em caso de desrespeito às normas, a BM&FBovespa terá a prerrogativa de cobrar esclarecimentos das empresas.

 

 

 

Matéria publicada pelo O Estado de S. Paulo em 27/01/12. Para ler a íntegra, acesse o site do jornal:

http://economia.estadao.com.br/noticias/neg%C3%B3cios,cvm-amplia-poder-de-fiscalizacao-da-bmfbovespa,100802,0.htm

 


Copyright © 2019 Transparência e Governança. Todos os direitos reservados.
___by: ITOO Webmarketing